Dois toques rápidos. Infelizmente agora no fim do mês, uma auditoria do TCE descobre mais de 1 milhão de reais potencialmente desviados da saúde do estado por meio de sobrepreços em insumos medicamentosos que fazem falta aos pacientes. Absurdo!!! Quer saber os implicados na trama? O IPCEP e a ex-secretaria de saúde Claudia Veras a companheira da deputada Estela Isabel que tanto diz por aí que todos somos iguais. Eu não senhora. Não sou igual a você em nada. Eu sei o que você faz para ter poder e riqueza. Todos nós estamos a cada auditoria dessas sabendo mais e mais milhões de vezes mais. E ainda falta o CUIÁ e as coisas da CHINA que virão com Livânia e as conexões em Fortaleza. segue abaixo fotos e link para lerem a auditoria completa e mais uma vez conhecerem o modus operandi destes sabidos de caviar e outros estimulantes mais, pagos pelo contribuinte.

Para quem tem dúvidas ainda da gula dessa turma... Veja as fotos abaixo:

Agora que acima estão os responsáveis, incluindo a parceira da falante deputada Estela. Vejamos o tamanho do rombo detectado só neste caso (lembremos que a Calvário fala em 200 milhões só das OSs da saúde - agora já pode falar em 201):

Abaixo as assinaturas dos auditores do TCE e a data:

Para quem quiser ler o texto inteiro segue link do meu blog:

https://static.wixstatic.com/ugd/3786fa_6306eef741804ba5a1e952772b96312b.pdf

Portanto, amig@s de esperança por dias melhores, dias de uma gestão pública científica do tipo faz, faz ainda mais, e não rouba nada. A esses digo na contramão geral dos colegas de luta. Tanto o Calvário como o MPF como a PF não tem mais dúvidas de nada. Trata-se de excesso de informações e averiguaçoes mesmo. Roubalheira generalizada que requer procedimentos em portos, jogos, imóveis, bancos e coisas fora do país. Fatos complexos de lavagem que envolvem a muitos. Fora a tentativa de aparelhamento do poder público em geral. Nada disso está parado.

Lembrem-se que eles criaram uma ética do crime organizado para se defenderem. Mas hoje eles estão feridos de morte. Agora vencer esse sujeira toda é questão de pouquíssimo tempo. O parasitismo falso idealista tá com horas contadas.

E a briga do PSB? Ela nada tem haver com Gervasinho, que tinha cunhada na ABBC, ou Sandra com sua irmã na Cruz Vermelha, ou coisas mais do tipo que abundam nas relações entrecruzadas.... Não teve picuinha nenhuma. Teve Justiça e medo de investigações. Só isso. Sequer se falam sem desligar telefones.

O fato é mais simples: Os calvarianos que já sabem que estarão nas listas estão querendo que RC torne João um escudo. E não o perdoam por ele se recusar e querer ser governador como o eleito deve ser. Ou seja, não se prestou a função de partícipe da fase de tentativa de limpeza da sujeira - que é inútil por sinal. Do outro lado, os gestores e políticos sem envolvimento na Calvário ficam tentando mostrar a João que ele só terá força para viver em 2022, se for sem chefão; chefão que por sinal hoje é uma expressão que está na berlinda. Traz mais perguntas que respostas.

O Calvário (mesmo revelando menos de 30 minutos das 50 horas que tem para revelar só de Livânia) rachou o PSB, somente isso. Já as outras operações, essas darão conta da ORCRIM girassol de forma definitiva. Se João tive juízo saí disso o mais rápido possível. Nem precisaria de busca de pretexto. Fala que é honesto e ponto final. O resto que se defenda. Um Nonato que sabe bem que é disso que se trata, tem muita experiência para saber que o tempo de junção entre calvarianos e agentes públicos do governo só contaminam uma gestão nova que pode renascer e surpreender positivamente. Desde que vença o mecanismo ainda incrustado dentro e fora dela. Como cidadão pagador de altos impostos e dono das obras, como todos somos, desejo o melhor para o estado. Inclusive justiça e devolução dos recursos para quem os surrupiou como provam as peças do MP, CGU, MPF, PF e do TCE.